Probiótico: um grande aliado na gestação

Continuando a conversa sobre nutrientes importantes na gravidez, quero dar uma atenção especial a utilização de probióticos.

Probióticos são microrganismos vivos, bactérias que são importantes para o nosso organismo e benéficas para a nossa saúde. Por exemplo, as bactérias que ficam no intestino são um grande auxílio na hora do nosso corpo absorver melhor os nutrientes.

A ingestão de iogurtes, que possuem os lactobacilos, um tipo de bactéria probiótica, são uma ajuda para mantermos nossa flora microbiana intestinal de forma adequada. Mas em alguns casos é necessário um reforço maior, com suplementos de probióticos, que podem ter de 2 ou mais bactérias juntas.

E porque o uso de probiótico é importante na gestação? Porque esse período há uma grande mudança hormonal e uma das consequências dessa mudança é deixar o intestino mais lento. Outra coisa que acontece é a retenção de líquidos, o que deixa as fezes mais endurecidas. Para auxiliar a função intestinal nesse período, é necessário que haja uma alimentação rica em fibras, muita ingestão de água e para melhorar o funcionamento do órgão, a utilização de probióticos.

Outros benefícios importantes na utilização de probióticos durante a gravidez:

  • Controle do excesso de peso.
  • Diminuir risco de parto prematuro.
  • Diminuir o risco de diabetes gestacional
  • Diminuir o risco de infecção urinária.

E se a mamãe for ter o bebê de parto natural, aí fica mais interessante o uso de probióticos. Porque o bebê recebe as bactérias que irão começar a primeira proteção através da mãe, no momento que passa pelo canal do parto e através da amamentação. Quanto mais bactérias de tipos diferentes a mãe possuir, maior será o benefício ao bebê.

Se a mamãe, por qualquer motivo, optar pela cirurgia cesárea, é bem oportuno que se utilize probióticos específicos para o bebê. Essa proteção ajuda muito na diminuição de cólicas que os pequenos possam vir a ter.

Existem vários tipos de bactérias e cada uma auxilia de modo diferente no nosso organismo. Por isso é importante a orientação do nutricionista. Para que se estabeleça a melhor alimentação e o melhor tipo de suplemento para cada pessoa, além do tempo que ele deverá ser utilizado. Assim se conseguirá aproveitar melhor e de forma adequada os benefícios que os probióticos podem nos dar.