CORANTE ALIMENTÍCIO URUCUM FAZ MAL?

Uma das grandes preocupações atuais que envolvem alimentação é a utilização de corantes alimentícios em diversos alimentos industrializados. Ao menos quando cozinhamos em casa, podemos usar e abusar de diversos produtos que conferem efeito igual ou muito semelhante a esses corantes, como é o caso da cúrcuma, da canela e do colorau (ou coloral).

origem do colorau

Extraído do urucuzeiro, o colorau é resultado da transformação da semente de urucum em pó. Explorado desde a era pré-colombiana, o colorau já era muito utilizado como medicamento, repelente para insetos e até mesmo para bronzear o corpo.

Fato é que mais do que garantir que as preparações fiquem coloridas e mais atrativas, estudos têm demonstrado diversos benefícios do colorau para a saúde.

benefícios do colorau

Muito utilizado na culinária brasileira, a dúvida sobre se o colorau faz mal permeia a mente de muitos cozinheiros experientes e de primeira viagem.

O colorau é rico em carotenoides, substância responsável pela sua coloração avermelhada e que no organismo dá origem à vitamina A. Possui ainda ação antioxidante, que pode ajudar a prevenir os danos causados pelos radicais livres, evitando o envelhecimento precoce.

O colorau também tem sido associado ao emagrecimento, devido à sua capacidade de melhorar os receptores de insulina, podendo até estimular a perda de gordura. A aplicação do colorau para colesterol também tem sido estudada e há pesquisas que demonstraram que um dos efeitos do urucum é reduzir o colesterol total e o colesterol LDL, considerado prejudicial à saúde, e elevar os níveis do bom colesterol, o chamado HDL.

quanto consumir de colorau?

Ainda não estão estabelecidos valores de recomendação para o consumo do colorau, mas é importante frisar que moderação é a palavra chave para qualquer alimento, principalmente os condimentos, só assim podemos aproveitar todo seu potencial a nosso favor.

paprica