30 POLIFENOIS DIFERENTES DO AZEITE EXTRA-VIRGEM

O alto teor de ácidos graxos monoinsaturados do azeite foi indicado como benéfico para a saúde.

Níveis abundantes de um ácido conhecido como ácido oleico, tem aumentado o colesterol bom e diminui o “mau” colesterol. Mais de 30 polifenóis diferentes (também chamados de compostos fenólicos) são encontrados no azeite extra virgem, incluindo lignanas e os secoiridóides, conhecidos como oleuropeína e oleocanthal.

Inicialmente pensaram que o ácido oleico fosse responsável pelo os benefícios para a saúde cardiovascular, mas isso não foi o que eles encontraram. Em vez disso, várias pesquisas sugerem fortemente que muitos dos benefícios do azeite de oliva são atribuíveis aos seus polifenóis, que são compostos naturais que inibem a oxidação e prolongam o prazo de validade.

A presença de polifenóis de combate à doença parece explicar porque outros óleos monoinsaturados-ricos não estão perto de combinar os benefícios de saúde do óleo de oliva.

O hidroxitirosol é um dos polifenóis presentes na maioria dos azeites e fornece benefícios cardiovasculares. Este polifenol e outros que são abundantes em tirosol que neutralizam os radicais livres, reduzem a pressão arterial e aterosclerose. Nas pesquisas, o risco de mortalidade por qualquer causa foi reduzido por 23% os eventos cardiovasculares em 28% e a incidência de acidente vascular cerebral em 40%. Sendo afirmado e reconhecido que o alto teor de polifenóis do azeite extra virgem é um importante fator na redução documentada no risco de doença cardiovascular e outros benefícios.

CUIDADO com sua alimentação❗ Procure um nutricionista atualizado para te orientar!