As propriedades do cacau


O cacau é famoso principalmente pelo chocolate. Mas sua fama tem ganhado novos rumos nos útimos anos a partir de pesquisas científicas que apontam para os benefícios à saúde apresentados pela fruta.

Especialistas em Botânica acreditam que o cacaueiro seja uma planta originária da região das bacias amazônicas, onde crescia há milhares de anos. Entretanto, os primeiros registros do consumo de cacau foram na América Central pelos Maias e Astecas que utilizavam o cacau para o preparo de uma bebida de coloração escura e sabor amargo que levava em seu preparo pimenta e algumas especiarias e era chamada de xocolatl ou chocoatl (água amarga).

No século XVI com o início da conquista do México pelos espanhóis o chocolate passou a se difundir pela Europa onde perdeu a adição de pimenta e recebeu novos ingredientes como açúcar, canela e baunilha. As primeiras indústrias de chocolate surgiram na Espanha e a partir da Revolução Industrial a fabricação passou a ser mecanizada.

Em 1870 em Vevey – Suíça o chocolate que até então era composto apenas de cacau e açúcar ganhou um novo ingrediente e surgiu então o chocolate ao leite. O ingrediente básico do chocolate é o cacau e a adição em diferentes proporções de ingredientes como o açúcar e o leite dão origem a varios tipos de chocolate.

No Brasil os mais conhecidos são o chocolate ao leite, branco e meio amargo; já na Europa é muito consumido também o chocolate preto.

- Chocolate amargo – feito com os grãos de cacau torrados sem a adição de leite, e em geral é utilizado para o preparo de sobremesas e bolos.

- Chocolate preto – segundo as normas européias, deve conter no mínimo 35% de cacau.

- Chocolate ao leite – possui pelo menos 25% de cacau em sua composição e é adicionado de leite.

- Chocolate “couverture” (cobertura) – tem cerca de 40% de gordura em sua composição, muito utilizado na indústria.

- Chocolate branco – feito a base de manteiga de cacau, leite e açúcar.

O chocolate de uma forma geral possui alto teor de gordura, especialmente o chocolate branco que tem grande quantidade de manteiga e de cacau em sua composição, portanto devem ser consumidos com moderação. Mas apesar de sua fama de vilão devida ao seu alto valor calórico o chocolate produzido com cacau (puro) possui propriedades importantes.

O cacau é um alimento rico em flavonóides, que tem ação antioxidante, benéficos para a saúde cardiovascular, o que vem sendo comprovado por diversos estudos.

Um estudo realizado na Holanda e publicado o início de 2010 apontou mais uma propriedade do cacau: o consumo diário de 30 gramas de chocolate amargo (85% de cacau) resultou em aumento da saciedade e diminuição do apetite. Ou seja, o cacau pode revelar ainda mais uma propriedade: o controle do apetite e da saciedade!

Mas fique atento pois os benefícios do cacau não são encontrados em todos os tipos de chocolate e seu excesso também pode ser prejudicial à saúde. Veja o comparativo do valor nutricional dos diferentes tipos de chocolate em uma porção de 30 gramas: Chocolate ao leite –160 kcal

Chocolate meio amargo – 150 kcal
Chocolate branco – 165 kcal

Quanto ao teor de gorduras, uma boa opção é consumir o cacau in natura (quando houver disponibilidade) ou o cacau em pó. Este segundo, apresenta somente 10% de gorduras e 2% de açúcares e pode ser consumido em substituição ao achocolatado tradicional.

Texto: Vivian Zollar – Nutricionista
Fonte da matéria: Qualyfood

About these ads

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: